Gestão 2013/2016 – Marcada por incoerências e abusos


banners-vereadores-3As Ações e Omissões dos VEREADORES, mancharam, macularam, feriram, sujaram, denegriram a própria imagem destes Agentes Públicos Eletivos, ao votarem Projetos de Lei criados por eles mesmos  e ainda permitiram que algumas ações e  manobras do Prefeito Municipal  ferissem Leis, a Ética, a Moral e os bons costumes, vamos conhecer algumas entre CENTENAS delas:

►  Lei que deu aumento de 100% ao SALÁRIO  Assessor Jurídico da Câmara (filho do Prefeito), com apenas 01 ano no cargo e em período probatório.

Lei que deu aumento de aproximadamente 100% sob o valor das Verbas Indenizatórias ao Prefeito, passando de R$ 8.700,00 para R$ 15.300,00.

►  Lei que deu aumento a outros 03 funcionários da Câmara ”para justificar” o salário do servidor público, filho do Prefeito.

►  Lei que contratou 01 Engenheiro em Cuiabá com salário 03 vezes maior que o valor dos Engenheiros daqui.

►  Lei que fixou Verbas Indenizatórias, aos vereadores, de R$ 6.000,00 por mês sem terem que prestar contas dos gastos.

► “NÃO PODEMOS SEREM INJUSTOS”, mas estiveram PREOCUPADOS e MUITO PREOCUPADOS apenas com o dinheiro que iam cair em suas contas bancarias ou em seus BOLSOS ao final de cada mês,  e ainda permitiram:

→PERMITIRAM que o prefeito PINTASSE OS MEIOS FIOS  nas cores azul e branco, ferindo  Lei de Transito, Resolução e Orientação do Ministério das Cidades.

→Permitiram que o prefeito fizesse toda SINALIZAÇÃO VIÁRIA URBANA errada, colocando toda população em PERIGO.

→ Permitiram contratação de várias pessoas da família do Prefeito, em várias secretarias, a qual é proibida por Lei, (Nepotismo).

→Permitiram a contratação de Rádio e TV da família do prefeito e foram gastos MILHÕES sem resultado algum.

→  Permitiram  a contratação do  irmão do PROMOTOR DE JUSTIÇA João Batista de Oliveira, o  servidor público  municipal Sr. Paulo Batista de Oliveira  (telefonista na delegacia), (Nepotismo Cruzado).

→ Permitiram o Prefeito fazer investimentos milionários no tal Festival Náutico, usando Recursos da Cultura, (evento maquiado em nome da cultura).

→ Permitiram a contratação de Empresas de familiares de VEREADORES em contratos, que é vedado, PROIBIDO por LEI.

→ Permitiram a contratação de Empresas de familiares do Prefeito, tanto na Câmara como na Prefeitura.

→ PERMITIRAM que o DISTRITO INDUSTRIAL fosse invadido por particulares, impedindo a chegada de NOVA EMPRESAS aqui.

→ Permitiram que a LAI – Lei de Acesso à Informação nos Portais da Transparência, não fosse implantada adequadamente na própria casa (Câmara) e Prefeitura.

→Permitiram que Projetos de Lei fossem votados a “toque de caixa”, ou seja, (…as pressas…), sem discussão, trazendo enormes PREJUÍZOS aos COFRES PÚBLICOS e a POPULAÇÃO.

→Permitiram a criação de LOTEAMENTOS SEM A INFRAESTRUTURA BÁSICA exigido por LEI FEDERAL, sem água, luz, saúde, educação, transportes, comunicação, lazer e segurança.

→Permitiram que o prefeito deixasse MADEIRAS APREENDIDAS apodrecer  e estragar  no Estadio Bilinão, sem doar para POPULAÇÃO ou alguma Instituição de Caridade.

Permitiram que o prefeito não REGULARIZASSE O TRÂNSITO ou fizesse convenio com a Polícia Militar para FISCALIZAR e AUTUAR os criminosos no transito do município.

Os vereadores “PATINARAM” e não sairam do LUGAR;

Venderam todos os carros da Câmara, ficaram a pé, e venderam para Prefeitura;

Vereadores deixaram acabar  o carro, um Palio da Câmara, que ainda continua preso na PRF de jataí há 10 ou mais anos;

Vereadores não fiscalizaram os atos do Prefeito, mantiveram inerte e omissos, ou seja, não cumpriram com o seu papel;

Não exigiram  a REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA do Prefeito Municipal, causando prejuízos aos COFRES PÚBLICOS  e ao DESENVOLVIMENTO DO MUNICÍPIO. 

Infelizmente nossa Câmara não exigiu e tam pouco fiscalizou os gastos e  cumprimento de Leis e projetos;

  • A Câmara de Alto Araguaia teve seu nome estampado em noticiários de todo Estado de Mato Grosso, quanto:

Aos salários que receberam em 2015, o maior  proporcionalmente do Estado de Mato Grosso, no valor de R$ 12.200,00 por mês;

As verbas indenizatórias fixadas por eles mesmos (vereadores), no valor de R$ 6.000,00 em 2015, também noticiado no Estado.

Os jornais NOTICIARAM e informaram que 100% dos VEREADORES eram aliados do Prefeito.

A construção da nova sede da Câmara, a qual tem quase 08 anos de obra, e já foi apurado pelo MP um PREJUÍZO da ordem  de 1 milhão de reais;

Não FIZERAM regularização do TERMINAL  DA FERROVIA, e até hoje não é REGISTRADO nos órgãos competentes.

Não acompanharam ou fiscalizaram a construção da EMPRESA AGRENCO, onde tem dinheiro Público Federal, e o resultado é uma INDUSTRIA FECHADA que poderia geral milhares de emprego.

Não fizeram nenhuma DENÚNCIA ao Ministério Público FEDERAL ou entrou com alguma AÇÃO contra os atos ABUSIVO DO PREFEITO.

Os VEREADORES não fiscalizaram, não denunciaram, não cobraram, não exigiram do Prefeito, MANTIVERAM inerte, omissos, alheio, a administração do patrimônio público e aos atos do prefeito, daí o resultado é ESTE.

Estas são algumas que lembramos, mas existem inúmeras ações e manobras que se forem apuradas, vamos começar aqui a Operação Lava Jato do Araguaia.

Lamentavelmente, depois de tudo isso que temos mostrado neste site desde  2013, ainda alguns foram REELEITOS.

Perguntamos: Será que os VEREADORES foram traídos pela população? Ou será que a POPULAÇÃO fora traída pelas ações CONIVENTES dos VEREADORES?

Tudo isso é apenas para nossa reflexão; plantaram e agora colheram os frutos do que plantaram durante 04 e 08 anos.

SIM ou NÃO?

 

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com